Tudo sobre o novo Playstation 4

Games1.558 Visualizações

A marca Playstation está impressa na história dos videogames. Atari pode ter sido o pai de todos, a Nintendo ressuscitou o mercado e até hoje é forte com suas franquias de Mario e Zelda, mas o Playstation foi o responsável de tirar os games do gueto e fazer deles algo "cool" que adultos pudessem abraçar e chamar de hobby.

 

Os mais velhos passaram a jogar e os jogos começaram a ser produzidos com esse novo público em mente. É inegável que quando o Playstation se firmou ele era considerado um console para adultos, enquanto a Nintendo continuava a fazer jogos, digamos, mais infantis. Não queremos menosprezar a enorme contribuição que a Nintendo deu e ainda dá para os games, mas estamos falando do conteúdo dos games. Enquanto mundo encantados eram o mote principal da Nintendo, o Playstation abraçava jogos com temáticas mais adultas e até mesmo sombrias. Sangue era normal, assim como um terror aqui e acolá. Resident Evil, Silent Hill, GTA (como conhecemos hoje, não os antigos jogos 2D) e muitas outras franquias de sucesso surgiram no Playstation.

Isso fez com que a Sony reinasse absoluta no mercado de games até o lançamento do PS3. Porém um erro de cálculo e muita auto-confiança fizeram com que a Sony atrasasse o lançamento do PS3. A Micosoft se aproveitou da soberba da Sony e conseguiu um mercado para o xBox 360 enquanto os gamers esperavam o PS3. Um mercado que talvez nunca tivesse existido se o Playstation 3 tivesse sido lançado antes. O fato é que a Sony acabou encontrando um concorrente de peso na atual geração. Para se ter uma ideia, o PS3 não vendeu nem metade do que o Playstation 2 (console mais vendido na história) vendeu. Para completar a Nintendo também se reergueu com o sucesso do Wii, abrindo um novo mercado para jogadores casuais e ainda atraiu os gamers mais hardcores. A esperança da empresa japonesa é recuperar terreno com o PS4.

Lançamento do PS4

Mas quem foi rei nunca perde a majestade e gamers de todo o planeta aguardavam ansiosamente pelo anúncio oficial do Playstation 4 em fevereiro de 2013. A Sony fez um evento grandioso em Nova Iorque para fazer a apresentação oficial do PS4.

 

Além de apresentar as especificações técnicas do PS4 a Sony aproveitou para mostrar o novo controle, o DualShock 4 e ainda segundo a empresa o PS4 começará a ser vendido no natal de 2013. Andrew House, o porta-voz da Sony no evento, disse que o novo console criará experiências que vão além das expectativas mais incríveis dos jogadores.

Os vídeos do PS4 realmente são sensacionais, as especificações técnicas de outro mundo, mas console que é bom ninguém viu. De concreto mesmo apenas o design do Dual Shock 4. O público ficou querendo saber do preço do PS4, design do console e data específica de lançamento, não apenas algo vago como "por volta do natal".

O avanço tecnológico do PS4

Uma das maiores preocupações da Sony foi desenvolver uma arquitetura amigável para os programadores de jogos. Sabemos que o PS3 é mais poderoso do que o xBox 360, mas quando um jogo é lançado para as duas plataformas o PS3 consegue no máximo empatar, mas geralmente perde em qualidade gráfica e outros aspectos técnicos como frame-rate. Agora se pegarmos os jogos exclusivos, desenvolvidos apenas para o PS3, podemos ver todo o seu enorme poder. Isso é devido à dificuldade maior para se programar para o PS3. Como as desenvolvedoras precisam cumprir prazos e lançar o mesmo jogo para várias plataformas, a versão de PS3 acaba sendo prejudicada.

O líder do projeto de arquitetura do sistema, Mark Cerny (uma lenda na indústria que começou no Atari e passou pela SEGA e Universal Interactive Studios), acha que esse problema vai acabar. Segundo ele o projeto do PS4 começou há 5 anos atrás e o objetivo era justamente acabar com as barreiras tecnológicas para todos os desenvolvedores de jogos.

Cerny disse que o PS4 está sendo feito por criadores de jogos para criadores de jogos e que sua arquitetura é como a de um super PC.

Especificações técnicas do PS4

  • Chip com processador de oito núcleos de CPU AMD Jaguar x86-64
  • Engine gráfica deve ser baseada em AMD Radeon de próxima geração com 1,84 TFlops
  • Chip personalizado para controlar funções específicas
  • 8GB de memória GDDR5
  • Disco rígido embutido (suspeitamos que seja um HD SSD)
  • Leitor de Blu-Ray (6x) e DVD (8x)
  • USB 3.0 e portas auxiliares
  • Gigabit Ethernet, Wi-Fi 802.11 b/g/n e Bluetooth 2.1
  • 1 Saída HDMI, 1 saída analógica AV e 1 saída S/PDIF óptica de áudio
  • O já mostrado controle DualShock 4, com touchpad capacitiva de dois pontos, acelerômetro de três eixos, giroscópio de três eixos, barra de luz com LEDs de três cores, vibração, alto-falante mono, porta micro USB, porta de extensão, entrada para fone de ouvido estéreo, e bateria de 1.000 mAh
  • Câmera PlayStation Eye 4, com duas câmeras 1280 x 800 (chamada de câmera estéreo), lentes de foco fixo f/2.0, distância mínima de 30 cm para foco, campo de visão de 85 graus e conjunto de microfones com quatro canais

O PS4 usará a CPU X86 (CPU com 8 núcleos) e terá 8GB de memória, além de um hard drive local. O console usará a tecnologia APU e memória RAM GDDR5, usada em placas gráficas top de linha. Já a placa gráfica mesmo permanece um mistério, mas rumores dão conta de que pode ser algo parecido com a Radeon HD 7970 GPU (já seria um salto enorme com relação às placas da atual geração).

O leitor continuará sendo Blu Ray, mas ele não trará retrocompatibilidade. Ou seja, jogos de PS3 não rodarão no PS4 a não ser por streaming, mas isso também não foi bem explicado ainda.

Os pilares do PS4 serão 5: Simples, Imediato, Social, Integrado e Personalizado. Para provar esse novo mantra foi apresentado um chip personalizado que controlará uma série de coisas, desde ligar e desligar o sistema até fazer uploads e downloads na PSN. Com esse chip será possível parar de jogar um game e voltar a jogá-lo apenas com um toque no botão liga/desliga. Essa notícia fez surgir uma outra especulação: para algo desligar e reiniciar tão rapidamente dependeria da nova tecnologia SSD (disco rígido sólido). Mas a Sony não divulgou que tipo de HD o PS4 trará. Apostamos nossas fichas em um HD SSD, mas eles ainda estão bem caros.

Outra função interessante do tal chip personalizado é a de fazer downloads (ou uploads) em background enquanto você joga. Com isso a Sony pretende mudar o esquema de baixar e atualizar jogos na PSN, uma das maiores reclamações dos proprietários do PS3. Segundo a empresa será possível fazer um download de um game enquanto você joga o próprio game! Queremos ver como isso vai funcionar.

A Sony quis lembrar a todos o quanto o PS4 será um console social. A meta da empresa é melhorar a PSN e tornar o PS4 um centro onde você pode interagir com seus amigos em tempo real, sem problemas técnicos.

O sistema suporta uploads rápidos de partidas sendo disputadas, espectadores de sessões de jogos em tempo real e chat integrado. Jogadores terão páginas de perfil como Facebook integradas ao ecosistema Playstation.

O PS4 vai reconhecer os jogadores

O PlayStation 4 oferece personalização e irá reconhecer o jogador. Um segundo chip será responsável por toda essa personalização.

O DualShock 4 – o novo controle do PS4

Como dissemos antes a Sony falou muito, mostrou vídeos incríveis mas de físico mesmo só apresentou o novo controle do PS4, o DualShock 4. Ele não é tão diferente do DualShock 3 como muitos esperavam. Mas temos que concordar que o melhor controle sempre foi o do Playstation, então por que mexer no que está dando certo?

As diferenças mais visíveis são uma tela de toque na frente do controle (tipo a da traseira do PS Vita) e o botão Share que entrará no lugar do Select – mais uma mostra de como a Sony quer tornar o PS4 "social". O botão servirá para compartilhar suas experiências com seus amigos através de fotos, vídeos e outras mídias.

A parte traseira do controle é luminosa e deve funcionar como o Playstation Move. Ou seja, a Sony resolveu agregar as funcionalidades do Move no novo DualShock. Só esperamos que não se transforme em uma inutilidade como a função SixAxis do DualShock3.

A conexão com o PlayStation Vita também será usada. O portátil poderá ser usado como controle. Dá até pra jogar os jogos de PS4 na telinha do Vita através da tecnologia Remote Play.