Oscar 2013 – Todos os Indicados e a História do Oscar

A cada início de ano é a mesma história. Os cinéfilos contam os dias para a chegada da cerimônia de entrega do prêmio Oscar. Mas, você sabe como tudo começou? Bom, a ideia de premiar os melhores do cinema em diversas categorias surgiu com a criação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, no dia 11 de janeiro de 1927, pelo presidente da Metro-Goldwin Mayer (MGM), Louis B. Mayer, e um grupo de 36 diretores e atores.

 

A primeira entrega de prêmios foi realizada em maio 1929, para premiar os melhores do cinema em 1927 e 1928. O evento foi realizado no Hotel Roosevelt, em Hollywood, e foi apresentada pelo ator Douglas Fairbanks e pelo diretor William C. DeMille. Até o ano de 1940, os jornais recebiam a lista dos vencedores do Oscar, mas só publicavam quando os prêmios tinham sido entregues. Só que o jornal Los Angeles Times quebrou o acordo e a Academia decidiu manter em segredo o nome dos escolhidos até a abertura dos envelopes lacrados.

Para chegar aos indicados dos filmes do Oscar e de outras categorias, votam mais de 5 mil membros da Academia de diversas nacionalidades. Todos os votantes são profissionais que trabalham na indústria cinematográfica como atores, atrizes, diretores, fotógrafos, cenógrafos, maquiadores, músicos, etc. Assim, atores que são integrantes da Academia votam em atores, atrizes escolhem as atrizes, fotógrafos votam em fotógrafos. A única exceção é a categoria de melhor filme do Oscar, já que todos os membros da Academia elegem o melhor filme.

Depois, são selecionados os cinco mais votados em cada categoria. A partir daí, é realizada uma nova votação (desta vez todos os membros votam e elegem um dos indicados ao prêmio em suas respectivas modalidades). Até o dia da cerimônia o segredo é absoluto sobre quem foi escolhido o melhor em cada categoria. Os envelopes são lacrados e são abertos somente na noite da entrega do Oscar.

Os vencedores do Oscar são conhecidos em uma cerimônia que acontece em fevereiro, no Teatro Kodak, na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos. Milhões de pessoas em todo o mundo assistem à premiação ao vivo pela televisão. E não será diferente quanto ao Oscar 2013.

 

Ao todo, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas premia 24 categorias. São elas: filme (melhor produção do ano anterior falada em língua inglesa); diretor; ator e atriz (podem ganhar o Oscar artistas de qualquer nacionalidade), ator e atriz coadjuvante (atuaram em papéis secundários); filme estrangeiro (qualquer produção majoritariamente falada em outra língua que não o inglês); roteiro original (obras escritas para serem filmadas); roteiro adaptado (histórias de livros, por exemplo, que foram reescritas para o cinema); animação (produzidas em quaisquer técnicas); trilha sonora (músicas instrumentais); canção original (música composta para o filme com letra e intérprete vocal); montagem; maquiagem; efeitos visuais; figurino (roupas e acessórios); fotografia (iluminação e enquadramento da cena); direção de arte (cenário, objetos); mixagem de som; efeitos sonoros (efeitos adicionados na pós-produção); melhor curta-metragem (produções com até 40 minutos de duração); curta-metragem de animação (a produção não pode passar de 40 minutos), documentário de curta-metragem e documentário de longa-metragem. 

A Estatueta do Oscar

A tão cobiçada estatueta do Oscar tem somente 34 centímetros de altura e pesa menos de 4 quilos (3,850 quilos). Ela é feita de estanho e cobre, e é folheada a ouro de 14 quilates. Seu custo de fabricação fica em torno de 150 a 200 dólares cada uma, mas o valor simbólico que ela possui é incalculável.

A estatueta do Oscar tem a imagem de um homem nu segurando uma espada em cima de um pedestal no formato de um rolo de filme. Ela foi criada em 1929 pelo diretor de arte da Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), Cedric Gibbons, e quem a esculpiu foi o escultor George Stanley. A estatueta nunca sofreu mudanças ao longo dos últimos 84 anos.

Depois das primeiras quatro edições da entrega da estatueta ela foi batizada de Oscar. Há três versões para a escolha do nome. A primeira versão é de que a secretária da Academia, Margareth Herrick teria achado a imagem parecida com a se seu tio Oscar. A segunda versão diz respeito a um comentário da atriz Bette Davis, que teria dito, brincando, que a estatueta era “a cara” de seu ex-marido Harmon Oscar Nelson. E por último existe a versão de que quem inventou o nome para a estatueta foi o colunista de cinema Sidney Skolsky. Independentemente de quem é o responsável pelo nome da estatueta, o fato é que o apelido pegou.

Quem ganha a estatueta do Oscar assume o compromisso de nunca vendê-la. A não ser que a estatueta seja vendida para a própria Academia ou ao preço simbólico de 10 dólares. 

O anúncio do Oscar

Em fevereiro de cada ano, cinéfilos de todo o mundo têm um compromisso em frente à televisão: assistir ao vivo a cerimônia de entrega do Oscar, o grande prêmio da indústria cinematográfica nos Estados Unidos. No entanto, a expectativa começa antes, com o aguardado anúncio dos candidatos à estatueta.

Logo que são anunciados os concorrentes ao Oscar de cada ano, começam as apostas sobre quem serão os vencedores, principalmente no que diz respeito às categorias principais como filme, diretor, ator, atriz, ator e atriz coadjuvante, roteiro original e roteiro adaptado.

Antes, porém, de serem conhecidos os vencedores do Oscar, são divulgados os nomes dos ganhadores do Globo de Ouro, que muitos consideram a prévia do Oscar. O troféu Globo de Ouro é entregue pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, no entanto, nos últimos anos a Academia e a Associação não tem chegado a mesma conclusão sobre a premiação de filmes.

Os 10 filmes mais premiados com o Oscar foram: Ben Hur (1959) – 11 estatuetas; Titanic (1997) – 11 estatuetas; O senhor dos anéis – O retorno do rei (2003) – 11 estatuetas; Amor, sublime amor (1961) – 10 estatuetas; Gigi (1958) – 9 estatuetas; O último imperador (1987) – 9 estatuetas; O paciente inglês (1997) – 9 estatuetas; E o vento levou (1939) – 8 estatuetas; A um passo da eternidade (1953) – 8 estatuetas e Sindicato de ladrões (1954) – 8 estatuetas.

Cerimônia do Oscar

Muitos consideram a cerimônia do Oscar longa demais, afinal são três horas de duração, e não aguentam esperar até o final para saber quem ganhou a tão desejada estatueta nas categorias filme, diretor, ator e atriz, por exemplo. No entanto, quem é cinéfilo não se importa com a longa duração da cerimônia e não perde um momento sequer.

Um mestre de cerimônias é o responsável por ser o anfitrião da festa. Nem sempre os apresentadores (atores, comediantes do cinema e da televisão) conseguem entreter e conquistar a plateia. Alguns são até engraçados, mas outros transformam sua apresentação em um verdadeiro desastre.

Entre os apresentadores da cerimônia do Oscar destaque para Billy Crystal, Steve Martin, Chevy Chase, Ellen DeGeneres, Whoopi Goldberg e Bob Hope. Até Frank Sinatra e Diana Ross já foram anfitriões do Oscar. 

Vestidos do Oscar

Antes do início da cerimônia no Teatro Kodak, em Los Angeles, concorrentes ao Oscar e convidados devem passar pelo tapete vermelho (red carpet), onde param para acenar para os fãs, posam para os fotógrafos e dão entrevistas às redes de televisão do mundo todo que fazem a cobertura do evento.

Neste momento, o que mais chama a atenção da imprensa, curiosos e de quem está em casa é certamente os vestidos do Oscar. Não há como ficar indiferente ao charme e beleza das atrizes que desfilam pelo tapete vermelho com seus vestidos deslumbrantes. Os modelos de vestidos podem ser discretos, ousados ou extravagantes, com ou sem brilho, longos, com generosos decotes ou fendas na perna, ou com transparência. Vestidos tomara que caia também fazem um enorme sucesso entre as estrelas.

As atrizes desfilam modelos de estilistas como Carolina Herrera, Alberta Ferretti, Giambattista Valli, Zuhair Murad, J. Mendel e de marcas famosas como Versace, Givenchy, Gucci, Christian Dior, entre outras.

Depois que acontece o desfile no tapete vermelho não há quem não comente sobre o vestuário feminino e começam a surgir as primeiras opiniões sobre o vestido do Oscar mais bonito, qual a atriz mais elegante, quem acertou ou errou no modelo, quem está mais sexy, enfim, antes da leitura do envelope com a frase “The winner is…” o Oscar já provoca burburinho e comentários em blogs, sites e programas de televisão. 

Indicados ao Oscar 2013

Em 2013, o filme "Lincoln", de Steven Spielberg, é o que recebeu o maior número de indicações: 12, incluindo melhor filme, melhor diretor e melhor ator, para Daniel Day-Lewis. Em seguida, vem "As aventuras de Pi", de Ang Lee, com 11 indicações, entre elas melhor filme, melhor diretor, roteiro adaptado, fotografia e trilha sonora original. 

Confira a seguir todos os indicados ao Oscar 2013.

Filme
"Indomável sonhadora"
"O lado bom da vida"
"A hora mais escura"
"Lincoln"
"Os Miseráveis"
"As aventuras de Pi"
"Amor"
"Django livre"
"Argo"

Diretor
Michael Haneke ("Amor")
Benh Zeitlin ("Indomável sonhadora")
Ang Lee ("As aventuras de Pi")
Steven Spielberg ("Lincoln")
David O. Russell ("O lado bom da vida)

Ator
Daniel Day-Lewis ("Lincoln")
Denzel Washington ("Voo")
Hugh Jackman ("Os miseráveis")
Bradley Cooper ("O lado bom da vida")
Joaquin Phoenix ("O mestre")

Atriz
Naomi Watts ("O impossível")
Jessica Chastain ("A hora mais escura")
Jennifer Lawrence ("O lado bom da vida")
Emmanuelle Riva ("Amor")
Quvenzhané Wallis ("Indomável sonhadora")

Ator coadjuvante
Christoph Waltz ("Django livre")
Philip Seymour-Hoffman ("O mestre")
Robert De Niro ("O lado bom da vida")
Tommy Lee Jones ("Lincoln")
Alan Arkin ("Argo")

Atriz coadjuvante
Sally Field ("Lincoln")
Anne Hathaway ("Os miseráveis")
Jacki Weaver ("O lado bom da vida")
Helen Hunt ("The sessions")
Amy Adams ("O mestre")

Filme estrangeiro
"Amor" (Áustria)
"No" (Chile)
"War witch" (Canadá)
"O amante da rainha" (Dinamarca)
"Kon-tiki" (Noruega)

Roteiro original
Michael Haneke ("Amor")
Quentin Tarantino ("Django livre")
John Gatins ("Voo")
Wes Anderson e Roman Coppola ("Moonrise kingdom")
Mark Boal ("A hora mais escura")

Roteiro adaptado
Chris Terrio ("Argo")
Lucy Alibar e Benh Zeitlin ("Indomável sonhadora")
David Magee ("As aventuras de Pi")
Tony Kushner ("Lincoln")
David O. Russell ("O lado bom da vida") 

Animação
"Valente"
"Frankenweenie"
"ParaNorman"
"Piratas pirados!"
"Detona Ralph"

Documentário em longa-metragem
"5 broken cameras"
"The gatekeepers"
"How to survive a plague"
"The invisible war"
"Searching for a sugar man"

Documentário em curta-metragem
"Inocente"
"Kings point"
"Mondays at Racine"
"Open heart"
"Redemption"

Fotografia
"Anna Karenina"
"Django livre"
"As aventuras de Pi"
"Lincoln"
"007 – Operação Skyfall"

Edição
"Argo"
"A vida de Pi"
"Lincoln"
"A hora mais escura"
"O lado bom da vida"

Trilha sonora original
Dario Marianelli ("Anna Karenina")
Alexandre Desplat ("Argo")
Mychael Danna ("As aventuras de Pi")
John Williams ("Lincoln")
Thomas Newman ("007 – Operação Skyfall")

Canção original
"Before my time", de "Chasing ice" – J. Ralph (música e letra)
"Everybody needs a best friend", de "Ted" – Walter Murphy (música) e Seth MacFarlane (letra)
"Pi's lullaby", de "As aventuras de Pi" – Mychael Danna (música) e Bombay Jayashri (letra)
"Skyfall", de "007 – Operação Skyfall" – Adele (música e letra)
"Suddenly", de "Os miseráveis" – Claude-Michel Schönberg (música), Herbert Kretzmer (letra) e Alain Boublil (letra)

Efeitos visuais
"O hobbit: Uma jornada inesperada"
"As aventuras de Pi"
"Os vingadores"
"Prometheus"
"Branca de Neve e o caçador"

Edição de som
"Argo"
"Django livre"
"As aventuras de Pi"
"A hora mais escura"
"007 – Operação Skyfall"

Mixagem de som
"Argo"
"Os miseráveis"
"As aventuras de Pi"
"Lincoln"
"007 – Operação Skyfall"

Melhor curta-metragem
"Asad"
"Buzkashi boys"
"Curfew"
"Death of a shadow (doos van een schaduw)"
"Henry"

Curta-metragem de animação
"Adam and dog"
"Fresh guacamole"
"Head over heels"
"Maggie Simpson in 'The Longest Daycare'"
"Paperman"

Figurino
"Anna Karenina"
"Os miseráveis"
"Lincoln"
"Espelho, espelho meu"
"Branca de Neve e o caçador"

Direção de Arte
"Anna Karenina"
"O hobbit: Uma jornada inesperada"
"Os miseráveis"
"A vida de Pi"
"Lincoln"

Maquiagem e cabelo
"Hitchcock"
"Os miseráveis"
"O hobbit: Uma jornada inesperada"