Nome sujo – SPC e SERASA

Serasa e SPC, com certeza você já ouviu falar nestes nomes, não é? Mas, será que sabe a diferença entre um e outro? A Serasa, que significa Centralização dos Serviços Bancários S/A, é uma empresa privada criada por bancos e demais instituições financeiras. Já SPC quer dizer – Serviço Nacional de Proteção ao Crédito -, órgão de serviço da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). 

Enquanto que a Serasa presta serviço aos bancos e outras instituições financeiras com relação a empréstimos e dívidas no cartão de crédito, por exemplo, através do SPC os lojistas ficam informados sobre as pessoas que estão inadimplentes junto ao comércio. Ninguém tem acesso a estes dados no Serasa ou no SPC, ou melhor, somente estabelecimentos autorizados, e que pagam taxas a estas entidades, podem consultar o cadastro e obter informações sobre quem está pendente. A consulta ao Serasaou ao SPC por estes estabelecimentos pode ser feita através da internet ou via telefone.

 

Mas, o que o SPC e a Serasa têm a ver com as nossas vidas? Se uma pessoa gasta mais do que pode e não paga o que deve, ela fica com o nome sujo, ou seja, o seu nome passa a constar de uma lista de inadimplentes. Se a dívida não for paga no período estabelecido, os devedores podem ter incluído o nome no cadastro do SPC ou Serasa.

Se o nome foi incluído no SPC ou Serasa, ele pode permanecer sujo por cinco anos. Se nesse período o consumidor não fizer a renegociação da dívida, o prazo de cobrança caduca, e ela não existe mais. Já o credor perde o direito de exigir o pagamento da dívida se não cobrar a dívida no prazo de cinco anos. Há, no entanto, um porém. Depois de cinco anos, a dívida ainda poderá existir se o credor resolver cobrá-la judicialmente. 

Cuidado com informações divulgadas por e-mail

É importante deixar bem claro que nem o Serasa nem o SPC divulgam informações sobre o seu banco de dados cadastrais por e-mail ou telefones. Ou seja, eles não informam através de e-mail sobre a inclusão ou exclusão do seu nome do sistema. Por isso, se você receber algum e-mail informando que o seu nome está no SPC ou no Serasa, desconfie, mesmo que o e-mail tenha sido enviado supostamente por estes dois órgãos. E não forneça qualquer informação via e-mail. 

 



 

Como saber gratuitamente se seu nome está sujo

Quando alguém não paga adequadamente a dívida que assumiu o consumidor normalmente tem o seu nome encaminhado para o SPC/Serasa. Antes, porém, de enviar o seu nome para o SPC/Serasa, o consumidor recebe uma carta informando que tem um prazo de 10 dias para regularizar a sua situação. Se o prazo expirar, o seu nome será encaminhado para a lista de inadimplentes.

Para saber se você tem o nome sujo, ou melhor, se seu nome está na lista de devedores no SPC ou no Serasa, você casino online deve comparecer pessoalmente a uma central de atendimento do SPC e Serasa, espalhadas em todo o Brasil. Lá, você será informado ainda sobre quem é o responsável pelo registro negativo, ou seja, quem o colocou na lista de inadimplentes. A consulta é gratuita.

Ao fazer a consulta no SPC ou Serasa é preciso levar os seguintes documentos: identidade ou carteira profissional e CPF.

Às vezes não é possível ir pessoalmente fazer a consulta, no entanto, outra pessoa pode ir em seu lugar. Será necessário apresentar o documento de identidade, fazer a consulta com o cpf (da pessoa para a qual será pedida a certidão de negativação) e levar uma procuração com assinatura reconhecida em cartório e com poderes específicos para realizar a consulta.

Outra forma para saber se o seu nome está incluído na lista do SPC ou do Serasa é enviando uma carta com aviso de recebimento (Carta com AR). Será necessário, portanto, cópia da identidade e CPF do requerente (não é preciso autenticação desses documentos) e requerimento com firma (assinatura) reconhecida em cartório. Num prazo de 10 dias em média, o Serasa envia uma resposta por meio de carta, gratuitamente.

Tome cuidado se for buscar informações sobre inadimplência no SPC ou no Serasa através da internet, pois há muitos sites não confiáveis e, por isso, seus dados podem ser usados de forma indevida.

Os bancos costumam informar a seus clientes sobre cadastros no SPC ou no Serasa. Por isso, fale com o seu gerente e confira se há algum problema com o seu nome. 

Em fevereiro de 2013 já é possível saber oficialmente pela internet se seu nome está sujo. Assista ao vídeo e veja como:

Inclusão indevida do nome no SPC/SERASA

Se o seu nome está incluído na lista de devedores do SPC/Serasa, devido ao não pagamento de uma dívida, isso significa que você não pode obter financiamento, pedir empréstimo ou abrir conta no banco. Só que, às vezes, o seu nome pode ter sido incluído de forma indevida.  O que se deve então fazer nestes casos? Como limpar o nome do SPC ou Serasa?

Às vezes, mesmo após o pagamento da dívida, o seu nome pode continuar no cadastro do SPC ou Serasa (geralmente, o nome é retirado do SPC e Serasa no prazo de 5 dias). Por isso, é de suma importância que você guarde o comprovante da quitação da dívida.

Se isso aconteceu com você, saiba que você tem o direito de solicitar indenização por danos morais. E que o valor da indenização será calculado conforme o tempo em que o nome ficou incluso no cadastro de inadimplentes.

Ou seja, se o seu nome estava no cadastro de devedores, você pagou a dívida, seu nome foi retirado do SPC, mas foi colocado outra vez no cadastro, o comprovante de pagamento da dívida servirá como prova para cobrar indenização por danos morais.