Hernia de disco – causas e tratamento

Saúde e Corpo1.939 Visualizações

Dores na coluna vertebral são cada vez mais frequentes, e há muitos motivos para que comecemos a reclamar de dores nas costas. A postura errada, carregar bolsas ou mochilas pesadas, levantar muito peso, ter sobrepeso, não se acomodar de forma correta na cadeira são alguns dos fatores que levam as pessoas a sofrerem de dor na coluna.

 

Se esses hábitos não forem modificados a tendência é sentirmos cada vez mais dor e ela poderá evoluir para doenças mais graves como a hernia de disco. Mas, o que é hernia de disco?

A coluna vertebral é sustentada por vértebras. Entre estas vértebras se encontram os discos intervertebrais (estruturas em forma de anel), que ao serem comprimidos vão se esparramando, encostam no nervo que emerge da coluna e provocam a dor. Com o desgaste dos discos intervertebrais, surge a hérnia de disco, mais frequente nas regiões lombar e cervical.

O envelhecimento e a prática de pouca ou nenhuma atividade física também contribuem para a formação de hérnia de disco. Segundo os médicos, a melhor forma de prevenir a hérnia de disco é começar a desenvolver atividade física com regularidade, realizar exercícios de alongamento, corrigir a postura corporal e fortalecer a musculatura abdominal e paravertebral.

Mas, como descobrir se a pessoa está com os sintomas da hernia de disco? Confira a seguir algumas informações úteis para você notar se está começando a sentir os sintomas da hérnia de disco. Se você sente dores como as descritas abaixo então procure um médico e faça exames de RX, tomografia ou ressonância magnética. Estes exames são capazes de mostrar em que região a lesão está localizada e qual o tamanho dela. Somente após esta avaliação é que o médico terá condições de indicar o melhor tratamento de hernia de disco para o seu caso.

Sintomas da Hérnia de Disco

  • Dores lombares ou no pescoço podem provocar formigamento suave, dor intensa ou dor com queimação. Uma grande dormência também pode ser um dos sintomas. Com mais frequência, a dor da hérnia de disco ocorre mais em um lado do corpo.
  • Na região lombar, a hérnia de disco pode se manifestar através de uma dor aguda na perna, nas nádegas ou no quadril. A pessoa também pode sentir dor ou dormência em outras partes do corpo, como na planta do pé ou na parte posterior da panturrilha.
  • No pescoço, a hérnia de disco pode dar os primeiros sinais quando a pessoa passa a sentir dor ao mover o pescoço. Se a dor é mais profunda próxima à escápula, ou sobre ela, é melhor ficar atento. Outro sintoma é a dor que se irradia para o braço, antebraço ou dedos (raramente). Sentir dormência nos ombros, cotovelo, antebraço e dedos também é um sinal de que algo está errado.
  • Normalmente, a dor causada pela hérnia de disco começa de forma gradual, porém ela pode piorar em alguns casos como: durante a noite, depois de ficar em pé ou sentar, ao espirrar, rir ou tossir.
  • A pessoa também pode sentir fraqueza em certos músculos.
  • Há casos em que o sintoma da hérnia de disco se manifesta quando passa a ser difícil levantar a perna ou o braço, ficar na ponta de um dos pés ou apertar forte com uma das mãos.

Tratamento de Hérnia de Disco

Para ajudar no combate à hérnia de disco, a pessoa pode optar por alguns tipos de tratamento como fisioterapia postural, musculação, acupuntura e pilates. Assim sendo, a cirurgia da hérnia de disco é realizada em último caso e vai depender da gravidade da doença e se o paciente não responder ao tratamento com medicamentos que inclui o uso de analgésicos e anti-inflamatórios e com a fisioterapia.

Há ainda os tratamentos que incluem equipamentos como mesa de tração eletrônica (um mecanismo de deslizamento com molas controla o atrito do paciente sobre a mesa e garante ação precisa nos processos de aplicação e retirada de carga de tração) e mesa de flexão-descompressão (o equipamento permite movimentos de flexão, extensão, látero-flexão e rotação da coluna).

É importante lembrar que qualquer atividade a ser feita deve ter a supervisão e orientação de um profissional de educação física.

  • Fisioterapia postural – a fisioterapia ajuda a fortalecer os músculos que sustentam a coluna. Também são dadas orientações sobre como levantar objetos, se vestir e realizar outras atividades sem sobrecarregar a coluna.
  • Musculação – melhora a postura e combate a fraqueza muscular. O trabalho com peso é indicado, pois os músculos se tornam mais resistentes.
  • Acupuntura – com ou sem agulhas, atua como terapia anti-inflamatória.
  • Pilates – os exercícios de pilates ajudam a melhorar a sua postura, flexibilidade, equilíbrio e força muscular.
  • Cirurgia – realizada somente quando os sintomas não desaparecem com a ajuda de outros tratamentos.

Pilates x hérnia de disco

Confira a seguir uma entrevista com uma educadora física para conhecer dicas de postura e se o método Pilates de exercícios pode ajudar quem tem problema de hernia de disco.