Tudo sobre o Enem – dicas, provas e redação

Criado em 1998 pelo MEC (Ministério da Educação), o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio foi crescendo ao longo dos anos e cada vez mais estudantes optam por fazer a prova. Mas o que é o ENEM? O exame é realizado por estudantes que desejam ingressar em escolas públicas ou particulares, pois ele avalia os estudantes do ensino médio.

 

No início, quando foi lançado, o ENEM não se mostrou muito atraente aos alunos. No entanto, com o tempo, isso passou e agora o exame é considerado como um vestibular, já que muitas universidades públicas e privadas utilizam os resultados da prova como forma de selecionar os candidatos.

Não é obrigatório fazer o ENEM para ingressar no ensino superior, porém a partir do momento em que crescia o número de universidades que usava as notas da prova como forma de avaliar os candidatos, também aumentava o interesse dos alunos em fazer o exame. Para se inscrever no ENEM é cobrada uma taxa.

Com a nota do exame, o candidato também pode concorrer a uma vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas no ensino superior em instituições públicas do país. No entanto, para concorrer ao Sisu é preciso que o estudante tenha obtido nota acima de zero na prova de redação. 

Provas do Enem

prova do ENEM é composta de duas partes: teste objetivo (múltipla escolha) e redação (tema definido pelo exame).

O conteúdo que é cobrado na prova objetiva inclui Ciências Humanas e Tecnologia (Geografia, História, Filosofia e Sociologia); Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Física e Química); Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira – inglês ou espanhol –, Artes, Educação Física, Tecnologia da Informação – informática – e Comunicação). Matemática e Redação compõem a lista. 

Em 2012 cerca de 5 milhões de estudantes fizeram o ENEM em todo o país, cujas provas foram aplicadas em dois dias.

Quem deseja estudar para o ENEM e se preparar com antecedência para fazer a prova irá encontrar na internet diversos simulados para o ENEM

Redação do ENEM

redação do ENEM é sempre temida pelos estudantes, já que é impossível pensar qual tema será escolhido. Em 2012, o tema foi “Movimento imigratório para o Brasil no século 21”. Confira a seguir os temas da redação do ENEM que foram propostos entre os anos de 1998 e 2011.

1998 – Viver e aprender
1999 – Cidadania e participação social
2000 – Direitos da criança e do adolescente: como enfrentar esse desafio nacional
2001 – Desenvolvimento e preservação ambiental: como conciliar os interesses em conflito?
2002 – O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais que o Brasil necessita?
2003 – A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo
2004 – Como garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação
2005 – O trabalho infantil na sociedade brasileira
2006 – O poder de transformação da leitura
2007 – O desafio de se conviver com as diferenças
2008 – Como preservar a floresta Amazônica: suspender imediatamente o desmatamento; dar incentivo financeiros a proprietários que deixarem de desmatar; ou aumentar a fiscalização e aplicar multas a quem desmatar
2009 – O indivíduo frente à ética nacional
2010 – O trabalho na construção da dignidade humana
2011 – Viver em rede no século 21: os limites entre o público e o privado
2012 – Movimento imigratório para o Brasil no século 21 

Dicas para fazer a redação do ENEM

Para elaborar uma boa redação do ENEM, o estudante deve ter um bom vocabulário e saber coordenar o seu raciocínio, o seu pensamento para poder desenvolver o tema proposto. Por isso, o hábito da leitura é importante, assim como é fundamental acompanhar as notícias que saem em jornais e revistas, e que podem ser tornar temas de futuras redações.

Para aumentar as chances de uma boa nota, o MEC orienta que os estudantes leiam com bastante atenção o tema proposto e as orientações descritas na folha da redação; estejam atualizados com o que acontece principalmente, no Brasil, e no mundo; prestem atenção na pontuação e fundamentem a opinião com explicações e argumentos.  

Outra dica inclui caprichar na letra, ou seja, fazê-la legível para facilitar quem vai corrigir a prova. Não faça a redação com lápis, pois não é permitido. Não adianta aumentar a letra ou o espaçamento entre as palavras para ganhar mais linhas no texto, a banca examinadora irá perceber a manobra. Não é obrigatório colocar título na redação, já que não ajuda na contagem dos pontos, no entanto, se for bem elaborado o título pode ajudar a causar um bom impacto junto aos avaliadores.

Segundo o MEC (Ministério da Educação), para se dar bem na redação é preciso cumprir as exigências relativas às cinco competências. São elas:

  • 1ª competência – Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita.
  • 2ª competência – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
  • 3ª competência – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • 4ª competência – Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação.
  • 5ª competência – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A nota zero é aplicada se o estudante fugir do tema proposto da redação, entregar a folha em branco (75 mil estudantes não fizeram a redação do ENEM em 2012), escrever sete linhas ou menos, usar palavrões ou desenhos, ou desrespeitar os direitos humanos e copiar textos trazidos na prova para subsidiar o tema. 

Resultado do ENEM

Através do site do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) os estudantes fazem a inscrição para o ENEM. Os estudantes que querem saber o resultado do ENEM devem consultar o site do ENEM. Basta inserir o número do CPF, da inscrição e a senha que foi cadastrada no sistema. No site do INEP ENEM também é possível conferir o gabarito das provas objetivas.

Para o exame do ENEM, em 2012, algumas regras foram modificadas. Os estudantes, por exemplo, terão acesso à redação corrigida, mas não poderão recorrer da nota. Já cada redação do ENEM valerá 1.000 pontos e será avaliada por dois corretores, que farão a correção segundo cinco critérios divulgados pelo MEC, que incluem domínio da norma culta e capacidade de argumentação e compreensão do tema da redação. Cada critério valerá 200 pontos.

As notas da redação foram divulgadas no dia 28 de dezembro de 2012. Muitos estudantes ficaram revoltados porque não concordaram com a nota e pediram a revisão da redação antes do início das inscrições no Sisu, que começaram no dia 07 de janeiro de 2013. O Ministério da Educação, no entanto, só pretende liberar o acesso à correção das redações no dia 06 de fevereiro.

Dicas para estudar para o Enem

Assista a um vídeo com dicas de como estudar de maneira correta para as provas.