Como ter boas ideias

Pode parecer que para ter boas ideias de maneira consistente é necessária uma quantidade acima da média de sorte e inspiração, mas existe um processo que você pode usar para ter boas ideias regularmente. O método é centrado em olhar para sucessos inesperados.

 



 

Para começar, primeiro você tem que pensar em ideias criativas e inovadoras como sendo simples conexões entre as coisas (como dizia Steve Jobs). Depois dê uma olhada em ideias recentes que têm sido surpreendentemente bem-sucedidas. Quem tem um blog, por exemplo, está sempre procurando por posts que estão fazendo mais sucesso do que o esperado, mas você pode aplicar isso a qualquer área: você deve detectar e compreender o sucesso inesperado de alguma coisa a fim de criar suas próprias grandes idéias. Esses sucessos inesperados são as sementes de grandes idéias. Se você é capaz de perceber um sucesso inesperado e então descobrir por que ele teve todo esse sucesso, então você vai ser capaz de capitalizar em cima dele, gerando uma idéia que utiliza as razões fundamentais pelas quais o sucesso inesperado obteve êxito.

O que as ideias são realmente

A coisa mais estranha sobre o processo de geração de idéias é que parece haver uma crença comum de que se trata de algum tipo de processo místico, reservado somente para os "visionários" e "cientistas loucos". Há essa noção de que esses tipos de pessoas são os únicos que podem ter grandes idéias de forma consistente, e mesmo assim, somente após "esperar a inspiração" atacar. Esta crença ainda é mantida apesar do fato de que muitas pessoas já terem dito abertamente (e mostrado através de sua produção) que trabalham duro e suam muito para ter as suas ideias.

Na nossa humilde opinião essa crença é mantida porque muita gente não entende o que as ideias realmente são. Nossa definição de uma ideia é que ela é um conceito que reside no meio de dois outros conceitos, ou explicando de maneira mais simples, a ideia é uma conexão entre dois conceitos.

Uma frase de uma antiga entrevista com Steve Jobs resume perfeitamente esse conceito: "Criatividade é simplesmente conectar coisas. Quando você pergunta a uma pessoa criativa como ela fez algo ela se sente um pouco culpada pois na verdade ela não criou nada, apenas vislumbrou algo. E esse algo se tornou óbvio para essa pessoa depois de um certo tempo. Isso acontece porque ela foi capaz de conectar suas próprias experiências e sintetizar novas coisas. E ela foi capaz de fazer isso porque teve mais experiências ou porque pensou mais sobre suas experiências do que outras pessoas.

Quando você passa a entender o que são ideias (apenas conexões) e começa a pensar nelas dessa maneira, o processo de gerá-las se torna muito menos intimidador. Isso te ajuda a gerar mais ideias de uma forma consistente.

Agora veja bem, esse artigo visa justamente ajudar você a ter um método mais consistente de gerar ideias, mas não vai fazer com que grandes ideias apareçam do nada. Ao entender o processo você dará o primeiro passo, depois é com você processar e usar sua experiência profissional e de vida para ter suas próprias grandes ideias.

Como identificar e ter boas ideias

Existe um conceito introduzido pelo falecido guru dos negócios Peter Drucker que é chamado de "sucesso inesperado". Seugundo o conceito novas ideias para inovação podem surgir apenas quando você procura por coisas inesperadas que aconteceram no mercado e que fizeram o mercado se repensar.

O sucesso inesperado (no contexto dos negócios) é um produto ou serviço que ninguém estava prestando atenção mas que de repente decolou. Um exemplo pode ser dado com antibióticos para animais. Ao se perceber que antibióticos para os humanos funcionavam tão bem nos animais, foi criada uma linha farmacêutica vendida diretamente para veterinários. Essa linha se tornou a mais lucrativa do mercado.

Ou seja, o produto já existia. Ao analisar testes de laboratório feitos com animais o óbvio foi constatado, que os mesmos antibióticos poderiam ser vendidos para veterinários.

Esse conceito pode ser aplicado em qualquer área para ajudá-lo a ter boas ideias. Na internet um bom exemplo são posts de blogs que dão certo sem ninguém esperar. Veja quais estão incluídos nessa categoria, estude porque deram certo e use o que descobriu para ajudá-lo a criar seus próprios posts.

Você deve identificar algo que obteve um sucesso inesperado e entender o que levou a esse sucesso para criar suas próprias grandes ideias. Essa é a semente de uma boa ideia. Se você for capaz de perceber o que faz sucesso de maneira inesperada e descobrir como conseguiu esse sucesso, então você será capaz de capitalizar em cima disso gerando uma ideia que utiliza os motivos fundamentais que levaram a esse sucesso.

A razão pela qual sucessos inesperados são tão eficazes é que eles são atuais. Eles ressaltam o que deve fazer sucesso hoje ao invés do que fez sucesso ontem.

Confira a seguir um método de cinco passos para você conseguir ter boas ideias.

5 passos para ter grandes ideias

Para conseguir ter boas ideais de maneira consistente usando os conceitos expostos acima você precisará de um processo. Oferecemos abaixo um modelo para tentar ter boas ideias. Esses passos permitirão que sua mente crie uma espécie de processo que te trará ideias de maneira consistente. Mas antes é preciso um pouco de trabalho duro.

Acompanhe os 5 passos para ter boas ideias.

  • Primeiro passo – escolha uma área

Esse passo é simples. escolha uma área específica antes de começar a pensar em uma ideia. Tente ser o mais específico possível, é muito importante ter uma área bem definida antes de começar a bolar suas ideias.

  • Segundo passo – procure por sucessos inesperados na área escolhida

Nesse passo você terá que sair explorando um pouco, dependendo da área que você escolheu. Você deve procurar por coisas que obtiveram sucesso de forma surpreendente. Pode ser uma pizzaria que acabou de abrir e está sempre lotada, mas não por causa das pizzas e sim por causa dos sucos que eles fazem e vendem que nem água. Você terá que prestar muita atenção a esses detalhes pois são fáceis de passarem despercebidos. Geralmente você estará procurando por coisas que parecem meio fora de lugar na área que você escolheu, mas que estão fazendo um sucesso acima do esperado.

  • Terceiro passo – entenda por quê fizeram sucesso

Esse passo é provavelmente o mais difícil pois requer uma análise mais detalhada. Geralmente você pode descobrir as razões de um sucesso inesperado conversando com as pessoas que utilizam tal produto ou serviço, perguntando a elas por quê gostam tanto. Fica ainda mais fácil se a área que você escolheu estiver conectada a mídias sociais. Por exemplo, um post que está fazendo um sucesso absurdo e sendo muito compartilhado, tudo que você precisa fazer é se logar no Facebook e ler os comentários. Dá para ter uma boa noção da causa de seu sucesso.

Sempre que puder tente observar ao invés de perguntar. As pessoas podem não conseguir explicar muito bem porque gostam de algo, então a observação pode ser melhor.

Esse passo requer que você use seu bom senso e procure por pistas. Pode ser difícil, sem dúvida. Mas é o preço que você precisa pagar se quiser ter uma grande ideia.

Importante! Não tente bolar ideias nesse estágio. Você tem que se concentrar em colher informações e aumentar o seu entendimento sobre a oportunidade.

  • Quarto passo – determine uma quota para suas ideias e anote-as

Agora entra a parte da ação. Cada pessoa pode fazer seu próprio método mas sugerimos tirar 45 minutos diários, determinar uma quota de ideias para a área escolhida e começar a anotá-las. Se forem ideias para um negócio local, anote 50 ideias para abrir um negócio local dentro desses 45 minutos. Não se preocupe se algumas ideias parecerem ruins, apenas anote-as. Tente repetir o processo durante 10 dias, de maneira responsável.

  • Quinto passo – escolha as melhores ideias

Quando você tiver uma boa quantidade de ideias anotadas escolha as que parecem melhores e comece a analizá-las. Elimine o máximo que você puder.

Quando chegar a apenas 10 ideias é provável que algumas sejam muito boas. Use-as e veja como elas se saem. Se derem certo (e achamos que darão) então você está no caminho certo!

Você pode ter boas ideias – confira outras maneiras

Ideias não são essa coisa mística que só aparecem na lua cheia. Como tudo no mundo é possível ter boas ideias de forma consistente com determinação e técnica. Se você já descobriu um jeito de encontrar suas boas ideias ótimo, continue no seu caminho sempre se aperfeiçoando. Nossas dicas podem funcionar se você segui-las de maneira diligente, mas o que pode funcionar para uns pode não dar certo para outros, por isso é importante você saber que métodos funcionam com você. Um ajuste aqui, outro ali e pronto. O importante é ter em mente que qualquer um com um pouco de determinação e disciplina pode ter boas ideias.

Outra linha bastante forte indica que boas ideias também precisam de tempo para maturar. Ou seja, não nascem da noite para o dia. Steven Johnson, um dos mais influentes pensadores sobre internet, é o maior defensor dessa tese e estudou durante anos a evolução de algumas ideias que ajudaram no progresso da humanidade. Assista as conclusões de Johnson no vídeo abaixo.

Se gostou dessa linha de pensamento você pode desenvolver outra metodologia para obter boas ideias seguindo as 7 dicas do vídeo abaixo. Boa sorte!