Como falar bem em público

Em mundo cada vez mais competitivo, falar bem em público tornou-se algo indispensável para se ter sucesso nos negócios. Afinal, durante a apresentação de um projeto, por exemplo, é preciso convencer os ouvintes de que a sua ideia irá beneficiar todos na empresa.



 

Mas, se você pensa que somente é importante falar bem no mundo corporativo, está enganado. Professores, advogados, jornalistas, vendedores, engenheiros, médicos, enfim, todos os profissionais que lidam com o público e estão vendendo sua imagem ou ideia para outras pessoas precisam apresentar firmeza e segurança na hora de falar em público. 

Falar em PÚblico NÃO é Fácil

 

Falar em público não é fácil, principalmente para quem é tímido e inseguro ou então não consegue expressar de forma clara, simples e objetiva as suas ideias para outras pessoas. Mas, o que fazer se as pernas tremerem, a boca ficar seca, você começar a suar frio, o coração acelerar e você sentir vontade de sair correndo da sala ou do auditório? O melhor é encarar o desafio, respirar fundo e ir em frente. No entanto, muitas pessoas travam nessa hora, por isso uma dica importante para quem se encontra nessa situação é fazer um curso de oratória para aprender técnicas simples e eficientes que vão ajudá-lo a vencer a inibição e obter uma comunicação direta com o público.

Antes, porém, de dar dicas para falar em público é preciso que as pessoas saibam que é comum sentir medo ou timidez diante de uma plateia, mas que também é possível aprender a lidar com essa situação e dar a volta por cima. Por isso, muitas pessoas recorrem aos cursos de oratória que são ministrados por fonoaudiólogos e professores de oratória. O objetivo é aprender técnicas e exercícios de dicção, voz e oratória para que na hora de se expressar em público, a pessoa já se sinta capaz de comunicar-se com o público mais naturalmente, sem apresentar inibições ou bloqueios. 

DICAS PARA FALAR EM PÚBLICO

  • Prepare-se para falar 
    Estude o assunto que irá falar, você tem que ter o domínio sobre o que está falando, saber com profundidade sobre o assunto o qual vai falar. Quanto mais conhecer o assunto, mais seguro e confiante você estará para expor a sua ideia perante o público. 
     
  • Organize suas ideias
    Trace uma linha de pensamento coerente, com início, meio e fim e siga o roteiro planejado. Assim ficará mais fácil para você falar sobre o assunto.
     
  • Pratique bastante
    Não basta organizar as ideias e dominar o assunto. Pratique a oratória. Ou seja, pratique na frente do espelho, reúna alguns amigos para ouvi-lo, treine em frente a uma câmera de vídeo e depois se assista na TV. Desta forma você terá condições de avaliar a sua performance e analisar se está pronto para enfrentar o público ou ainda precisa treinar um pouco mais. Essa é a hora para corrigir erros e imperfeições.
     
  • Leve um roteiro como apoio 
    Muitas pessoas memorizam aquilo que irão falar em público, mas nem sempre isso dá certo, pois a pessoa pode esquecer de uma palavra importante que faça a ligação de duas ideias e aí será difícil retomar do ponto em que parou. Por isso, o mais sensato é levar um roteiro com as principais etapas da exposição. Assim, se você esquecer de algo, poderá se guiar pelo roteiro. Coloque as palavras ou ideias principais em um papel ou na tela do computador. Desta forma será mais fácil lembrar da sequência do texto que foi elaborado para ser apresentado ao público. 
     
  • Seja natural 
    Aja com naturalidade e espontaneidade se algo acontecer de errado durante a apresentação, já que erros técnicos são sempre possíveis, principalmente quando se utiliza computador ou projeção durante a apresentação. 

  • Fale corretamente
    Muitas pessoas na hora de fazer uma apresentação acabam escorregando na língua portuguesa, por isso cuidado para não cometer erros graves e grosseiros durante a sua apresentação. Faça uma revisão gramatical, e tome cuidado quanto à conjugação verbal e às concordâncias. 

    Pronuncie bem as palavras. Desta forma você estará tornando a sua fala mais clara e compreensível para a plateia. Afinal, uma boa dicção ajuda a dar credibilidade à mensagem. 

    O volume da fala também é importante. Não grite. Projete a voz para que todos o ouçam, mas sem exageros. E tenha cuidado com a velocidade com que fala. Se falar rápido demais pode não se fazer entender pelos ouvintes, por outro lado, se falar devagar demais pode cansar a plateia e fazer com que a palestra se torne arrastada e cansativa. 
     

  • Conheça o público
    Para que você se expresse da melhor forma possível saiba quem é o seu ouvinte, assim você poderá adequar a sua linguagem à faixa etária e ao nível intelectual do público e transmitir a mensagem de forma objetiva. Com certeza, desta forma, haverá maiores chances de obter o sucesso desejado na apresentação. 
     
  • Informe sobre o que irá falar
    Quando chegar a sua hora de falar, cumprimente os ouvintes, comece a criar um elo de ligação entre você e a plateia, e anuncie o que vai falar, diga que tema irá abordar. Desta forma, a plateia irá se sentir mais próxima, irá acompanhar a sua palestra com mais atenção. 
     
  • Preste atenção em sua postura corporal 
    Falar em público é complicado, por isso é preciso prestar atenção em sua postura corporal. Não se pode demonstrar nervosismo ou ansiedade, por isso evite esfregar as mãos enquanto fala, isso demonstra hesitação e insegurança. Evite falar com os braços cruzados, as mãos nos bolsos ou os braços nas costas. Evite também se apoiar na mesa, na cadeira, na haste do microfone ou na tribuna. Tome cuidado também para não deixar cotovelos grudados no tronco, pois isso demonstra uma atitude acuada, reprimida. 

    Gesticule, mas não exagere, pois os gestos poderão chamar mais atenção do que as palavras. As pessoas devem prestar atenção no que você diz, não em seus gestos.

    Movimente-se perante a plateia, mas realize os movimentos de acordo com o que está fazendo, ou seja, tenha um propósito ao se movimentar, seja para destacar uma informação ou chamar a atenção da plateia para algo importante. Evite apoiar-se sobre uma das pernas e não fique com elas muito abertas ou fechadas. Deixe-as levemente afastadas. 

    Procure falar olhando para todas as direções. Gire a cabeça e o tronco com calma, para a direita e para a esquerda. Assim, quem está na plateia irá se sentir prestigiado, pois o palestrante estará demonstrando que está interessado em cada um dos ouvintes. O semblante deve estar condizente com o que está sendo dito, ou seja, se está destacando algo mais sério, o rosto não pode demonstrar felicidade. 
     

  • Seja bem-humorado
    Ser bem-humorado não significa fazer gracinhas perante a plateia. Mas, você pode deixar a apresentação mais leve e descontraída e não fugir do foco, do assunto que está sendo abordado. Porém, só use sua presença de espírito se o ambiente for favorável. Do contrário você poderá perder totalmente a credibilidade perante os ouvintes. 
     
  • Recursos audiovisuais são permitidos 
    Recursos audiovisuais apresentados durante uma palestra ajudam a destacar as informações importantes e facilitam o acompanhamento do raciocíonio. No entanto, analise antes e verifique se é mesmo necessária a apresentação de slides ou PowerPoint. 

    Para que seja fácil a visualização, as letras devem ter um tamanho que todos possam ler; use cores constrastantes, mas sem exagero; projete apenas os tópicos principais da mensagem que pretende transmitir e posicione o aparelho de projeção de forma que todos da plateia possam visualizá-lo com facilidade. 
     

  • Fale com entusiasmo 
    Para conquistar os ouvintes, fale com entusiasmo, demonstre que está envolvido pelo assunto e que acredita no que está falando. Só assim você terá o domínio da plateia e irá conquistar os ouvintes. Fale com emoção, com energia.