Como acabar com o mau hálito

Você já chegou perto de alguém e sentiu o mau hálito vindo da boca da pessoa com quem você está conversando? Pois é, isso é muito comum de acontecer. O pior é que quem tem mau hálito nem sempre sabe que está exalando um odor desagradável, mesmo porque as pessoas que sentem o odor raramente se sentem à vontade para avisar de que algo está errado. E aí a tendência é a situação se tornar cada vez pior.

 

O mau hálito é tão prejudicial que pode provocar repulsa e o afastamento de namorados, casais e até de amigos. Afinal, quem consegue conviver diariamente com o mau hálito do parceiro? Já imaginou ir para uma entrevista de emprego, para uma reunião importante ou até mesmo se relacionar com seu patrão e seus companheiros de trabalho exalando esse forte cheiro de sua boca? Com certeza não será nada agradável. 

Mas, por que ocorre o mau hálito ou halitose? A língua é um órgão muscular revestido por papilas gustativas, que possuem terminações nervosas. Nas papilas são formadas criptas, onde são retidos alimentos e restos de células descamadas. Esses resíduos se tornam um prato cheio para as bactérias, que, quando fermentam, liberam substâncias ricas em enxofre. É daí que surge o mau hálito.

Além de certos alimentos, o que mais causa mau hálito? A má higiene bucal, o fumo, a ingestão de bebidas alcoólicas, o diabetes, infecções da garganta, inflamação das amídalas entre outros também são causas do mau hálito. 

 

Na verdade estudos recentes dão conta de mais de 60 causas para a halitose. Mais de 90% das causas são bucais, ou seja, problemas provenientes da boca que causam o mau hálito. A causa mais comum talvez seja a saburra lingual (placa bacteriana que se localiza no fundo da língua, formada quando produzimos menos saliva ou lábios soltam pele), por isso é importante escovar a língua também. Doenças da gengiva também estão entre os principais causadores da halitose, como periodontite e gengivite. Para fechar o trio, cáseos amigdalianos (massinhas com mau cheiro que são formadas nas cavidadaes das amígdalas, também pela falta de saliva) são outros agentes do mau hálito. Esses três fatores são responsáveis por quase 100% dos casos de mau hálito.

Embora o mau hálito não venha do estômago, que alimentos também podem prejudicar seu hálito, como alho ou cebola demais. Mas fique sabendo que o jejum prolongado também pode dar mau hálito.

Tratamento do mau hálito

É muito simples fazer a prevenção do mau hálito e acabar com o mau hálito. A ida ao dentista, por exemplo, para fazer uma limpeza nos dentes e fazer a remoção da placa bacteriana ou o acúmulo de tártaro contribui para que a higiene bucal esteja sempre em dia. Outros hábitos simples e caseiros também ajudam no tratamento do mau hálito. Confira a seguir o que pode ser feito para tratar o mau hálito.

  • Beba bastante água durante o dia para manter a boca úmida e evitar a falta de saliva.
  • Evite ficar muito tempo sem comer.
  • Mascar chiclete ou chupar balas sem açúcar ajudam a produzir saliva.
  • Escovar os dentes: não se esqueça de escovar os dentes pelo menos três vezes por dia com um creme dental antibacteriano com flúor. Se você trabalha fora de casa, leve sempre com você escova e pasta de dentes para fazer a escovação logo após o almoço.
  • Utilize fio dental: o fio dental é importante para retirar restos de comida que ficaram entre os dentes. Além disso, ele retira a placa bacteriana dos dentes. Não se esqueça de levá-lo na bolsa.
  • Escove a língua: escove a língua com um raspador de língua (vendido em farmácias), diariamente, pelo menos duas vezes ao dia. Pessoas com halitose crônica devem fazer a escovação três vezes ao dia. A forma correta de fazer raspagem lingual é de trás para frente. É normal as pessoas sentirem um pouco de náusea no início da escovação da língua, mas com a prática essa sensação desaparece. Algumas escovas já vêm com limpador de língua. Assim sendo, depois de escovar os dentes, basta virar a escova e começar a escovação da língua com o limpador localizado no dorso da cabeça da escova. Após a primeira escovação da língua, enxágue a boca com água, para remover as bactérias causadoras do mau hálito. Repita o procedimento mais uma vez.
  • Está comprovado que a combinação entre escovar os dentes, usar fio dental, escovar a língua, remover a placa bacteriana e consultar o dentista reduz o mau hálito.