Bronzeamento – qual a melhor forma?

Beleza5.232 Visualizações

No Brasil, é difícil encontrarmos homens, mulheres, jovens, crianças e adultos que não resistam a um banho de mar e a exposição ao sol. No entanto, nem sempre é possível ir à praia ou frequentar a piscina do condomínio onde se vive. Para quem não tem tempo, mas não quer perder o bronzeado é possível recorrer a técnicas de bronzeamento e a cremes ou géis bronzeadores, que garantem o tom dourado à pele.

 

E o melhor é que nem é preciso expor a pele ao sol, e assim se evitam os raios ultravioleta, que podem provocar envelhecimento precoce da pele e até câncer de pele.

Entre as técnicas de bronzeamento está o bronzeamento artificial e o bronzeamento a jato. Também é possível manter a pele dourada com os auto bronzeadores, que podem ser comprados em farmácias e lojas de cosméticos. 

Confira a seguir algumas características de cada uma das técnicas de bronzeamento e os cuidados necessários para quem deseja tirar o “amarelo escritório da pele” utilizando o bronzeador em creme, gel ou spray. É importante ressaltar, porém, que independentemente da técnica de bronzeamento a ser utilizada ou do uso de auto bronzeadores, é indispensável o uso de protetor solar

Bronzeamento artificial

Ficar bronzeado sem precisar ir à praia é possível devido ao bronzeamento artificial, que começou a ser realizado no Brasil, a partir de 1995, em clínicas de estética. Para ficar com a pele morena, é preciso entrar em uma câmara de bronzeamento artificial (vertical ou horizontal), trajando apenas biquíni ou sunga.

 



 

As câmaras de bronzeamento artificial podem emitir raios ultravioletas A (UVA), B (UVB) ou mistas. Por isso, é preciso muito cuidado ao fazer esse tipo de bronzeamento, pois o bronzeamento artificial é mais prejudicial à saúde do que o bronzeamento natural do sol.

Apesar de um grande número de pessoas ter se rendido a esta técnica de bronzeamento, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a utilização das câmaras de bronzeamento artificial desde novembro de 2009, através da Resolução RDC 56. Segundo a norma publicada, é ilegal usar, importar, receber em doação, alugar e comercializar os equipamentos que são utilizados no bronzeamento artificial.

Cuidados com o bronzeamento artificial

  • Quem deseja ficar com o tom de pele morena deve passar antes por uma avaliação médica.
  • Ao fazer o bronzeamento artificial é preciso proteger os olhos.
  • O bronzeamento artificial é contra indicado para mulheres grávidas, que estejam amamentando e usando pílula anticoncepcional.
  • É preciso muito cuidado na regulagem da câmara, já que se ela estiver com potência muito forte pode causar queimaduras na pele.
  • Se usado de forma contínua, o bronzeamento artificial pode causar envelhecimento da pele e câncer de pele.
  • Após o bronzeamento artificial, é recomendável hidratar a pele, já que os raios ultravioleta ressecam a pele.
  • Não é recomendável se expor ao sol após a sessão de bronzeamento artificial, especialmente se a pessoa estiver utilizando substâncias estimuladoras do bronzeamento como betacaroteno.

Bronzeamento a jato

bronzeamento a jato virou moda entre as mulheres que querem ficar mais bronzeadas, com uma cor mais saudável, porém não têm tempo para ir à praia devido à correria do dia-a-dia, ou não querem expor a sua pele à radiação ultravioleta. Mas, como é feito esse tipo de bronzeamento?

O produto para deixar a pele bronzeada é aplicado uniformemente em todo o corpo com um jato de ar conectado a um compressor. O produto é à base da substância dihidroxiacetona (DHA), que não é prejudicial à pele, já que a loção bronzeadora atua na pigmentação da superfície da pele, por isso não há risco de envelhecimento precoce da pele nem de câncer de pele. Vale lembrar, no entanto, que o produto para bronzeamento não contém proteção solar.

A aplicação do bronzeamento a jato no corpo inteiro demora aproximadamente 30 minutos, sendo 15 para a aplicação e 15 para uma secagem inicial. O resultado é visível dentro de 2 a 3 horas após a sessão. Num prazo de 24 horas, a pele continua escurecendo. E dependendo do tipo de pele, o bronzeado tem duração média de 3 a 7 ou 10 dias. A superfície da pele está em constante renovação, por isso o tom dourado só dura cerca de duas semanas, no máximo. Depois, o bronzeado começa a desbotar, principalmente no rosto e nas mãos, que costumam clarear mais rapidamente porque são as partes do corpo que são lavadas com mais frequência. 

O bronzeamento a jato no rosto deve ser feito com alguns cuidados. Em primeiro lugar, é preciso fechar os olhos para que o produto não entre em contato com os olhos. O rosto também deve passar por uma esfoliação antes do bronzeamento. E na hora da pulverização, é preciso manter uma distância maior entre o rosto e o jato de ar. No rosto, a pulverização é feita menos vezes que o corpo. 

A técnica de bronzeamento a jato é disponibilizada em clínicas de estética. Antes de fazer o procedimento, certifique-se de que a clínica conta com profissionais habilitados para fazer o procedimento.

Cuidados com o bronzeamento a jato

Antes da aplicação

  • Faça uma esfoliação em todo o corpo antes da primeira aplicação, para remover as células mortas. A esfoliação pode ser feita duas vezes: uma semana antes de receber o jato e no dia da aplicação, pouco antes dela.
  • Tome banho pelo menos 1h30 antes da aplicação, para que o pH da pele se normalize.
  • Não use hidratantes ou cremes antes da aplicação.
  • Se quiser fazer depilação, retire os pelos com cera quente com 48 horas de antecedência. Após a aplicação do bronzeamento, a cera quente pode esfoliar a pele e retirar o produto.
  • Não faça o bronzeamento a jato durante tratamento de depilação a laser.
  • Não faça o clareamento dos pelos antes da aplicação, pois o oxidante clareia a pele e irá deixar mais claro o seu bronzeado.
  • No dia do bronzeamento a jato, use roupas leves e largas (para o produto não grudar na roupa enquanto não é totalmente absorvido pela pele) e vista roupas escuras. Use sandália abertas e deixe os pés à vontade. Leve biquíni para ficar com a marquinha.
  • Se estiver grávida, consulte primeiro o médico e leve o atestado afirmando que não há problemas em fazer o bronzeamento.
  • Não é recomendável utilizar o produto se o tratamento for à base de retinol, alfahidroxiácido ou qualquer outro peeling. A pele pode ficar manchada temporariamente.
  • Não se esqueça de retirar anel, relógio, pulseira, cordão antes da aplicação.

Depois da aplicação

  • Espere de 5 a 10 minutos para vestir a roupa após o bronzeamento.
  • O banho deve ser tomado somente após 8 horas da aplicação do produto, para que o produto seque completamente.
  • Não passe nenhum produto como creme ou hidrante até 8 horas após a aplicação.
  • Utilize roupas mais largas.
  • A pele deve permanecer hidratada nos dias seguintes após a aplicação.
  • Não faça esportes ou qualquer atividade física no dia da aplicação. O suor pode retirar o produto.
  • Não esfregue a toalha com força no corpo ao se secar após o banho.
  • Não entre na piscina ou no mar após o bronzeamento a jato. A água com cloro ou sal pode provocar o desbotamento do bronzeado, deixando a pele com tom irregular.
  • Evite sauna e vários banhos por dia. Os banhos não devem ser de imersão e não devem ser muito quentes.
  • Pode pegar sol, mas não se esqueça de aplicar filtro solar, pois o produto não protege a pele contra os raios ultravioleta.
  • Se a roupa ficar suja devido ao produto, lave-a com a mesma água e sabão.

Auto bronzeador

Quem não tem tempo para pegar uma corzinha no verão ou não tem dinheiro para pagar por um bronzeamento artificial está optando pelo auto bronzeador. E o melhor é que o bronzeado pode durar o ano todo. Já pensou manter a cor dourada até mesmo no inverno? Pois agora isso é possível.

Os cremes autobronzeadores são uma opção rápida e eficiente, deixam a pele com uma cor mais natural e não são prejudiciais à pele. Eles contêm a substância dihidroxiacetona (DHA), que provoca uma reação química, que em contato com a pele faz com que ela fique mais escura. Para que o bronzeamento seja o mais natural possível os cremes também contêm outras substâncias como Eritrulose e Instabronze.

Uma das vantagens do autobronzeador, que pode ser encontrado na forma de creme, gel ou spray, é que ele previne o fotoenvelhecimento e o câncer de pele, e ainda dá um aspecto saudável à pele. Mesmo porque não é necessário se expor ao sol para pegar uma corzinha no verão. O resultado aparece de duas a seis horas após a aplicação do produto.

Há, porém, que se ter cuidado ao passar o autobronzeador, já que se for mal aplicado, pode manchar a pele. Outro risco é ficar com a pele com aspecto alaranjado. Também é preciso que a pessoa se certifique de que não é alérgica ao produto, por isso a recomendação é passar o autobronzeador em uma pequena área da pele para ver como ela irá reagir. A aplicação também servirá para que conferir a tonalidade da pele com o creme autobronzeador.

Autobronzeadores com filtro hidratante, além de bronzear também hidratam a pele. No entanto, por causa da menor concentração de DHA, estes autobronzeadores promovem um bronzeamento gradual e mais lento. Como os autobronzeadores não têm proteção solar, o ideal é passar filtro solar na pele logo após a aplicação.

Como aplicar o autobronzeador

Confira a seguir como aplicar o autobronzeador de forma correta.

  • Faça esfoliação 
    Durante o banho, faça uma esfoliação completa do corpo, para eliminar o excesso de células mortas. Seque bem a pele. Não passe nenhum outro creme ou hidratante antes do autobronzeador.
  • Aplicação 
    Para não ter as mãos tingidas e correr o risco de manchar a roupa, use luvas descartáveis (como as que acompanham as colorações de cabelo) ou lave as mãos após passar o produto. 
     
  • Distribuição do autobronzeador
    Aplique o autobronzeador fazendo movimentos longos. O objetivo é fazer uma distribuição uniforme por toda a pele. Em regiões do corpo, como joelho, cotovelo e calcanhar o bronzeado costuma ficar mais escuro. Se isso acontecer, passe algodão umedecido no local para retirar o excesso.
  • Autobronzeador na face
    Quando for aplicar o autobronzeador no rosto, coloque um pouco no nariz, queixo, testa, maçãs do rosto e pescoço. Espalhe bem o produto, de dentro para fora. A nuca e a zona atrás das orelhas também devem receber aplicação do autobronzeador. 
    OBS: Quando for aplicar o autobronzeador nas costas, peça para alguém aplicar o produto.
     
  • Efeito dourado na pele 
    Para conseguir o efeito dourado na pele, o produto deve ser reaplicado diariamente após a primeira aplicação. Para manter a cor, basta aplicar o autobronzeador em dias alternados, ou uma vez por semana. Antes de se vestir, espere cerca de 20 minutos para que o produto seque totalmente. 
     
  • Depois de aplicar o autobronzeador
    Evite o uso de buchas ou esponjas na hora do banho ou esfoliações. Mas, se você quiser retirar o produto porque errou na distribuição, então pode utilizar buchas ou esponjas na hora do banho. 

Bronzeamento natural

Um tipo de bronzeamento mais saudável e que deixa a cor do corpo mais tempo bronzeada. Além disso é possível deixar as marquinhas que as mulheres tanto desejam. Assista ao vídeo que explica como um obter um ótimo bronzeamento natural com ajuda de aceleradores de melanina adequados.

Bronzeado e protetor solar

Quando passamos o protetor solar achamos que ele vai impedir o sol de queimar nossa pela. Mas os raios ultra-violetas responsáveis pelo bronzeamento são os UVA e os protetores não protegem totalmente contra eles, apenas contras os raios UVB. Sendo assim, mesmo passando protetor solar acima de 50 FPS é possível se bronzear.

O único jeito de proteger a pele contra os raios UVA é usando roupa. Tomar sol antes das 10 da manhã e depois das 4 da tarde também ameniza o efeito dos raios UVA. Sempre use protetor, pois os raios UVB continuam ativos mesmo nesses horários e são um dos responsáveis pelo câncer de pele.

O FPS do protetor é um valor que significa quanto tempo a mais você fica protegido do sol e não maior proteção. Por exemplo, FPS 30 quer dizer que você fica 30 vezes mais tempo protegido dos efeitos nocivos dos raios ultra-violeta. Ou seja, quanto maior o FPS, mais tempo de proteção.